Secretaria de Comunicação Social - BAHIA

topo-area-1087.jpg

Invista na Bahia

A- A+

TÊXTIL E CONFECÇÕES

O setor têxtil e de confecção brasileiro tem destaque no cenário mundial, não apenas por seu profissionalismo, criatividade e tecnologia, mas também pelas dimensões de seu parque têxtil: é a quinta maior indústria têxtil do mundo e a quarta maior em confecção; o segundo maior produtor de denim e o terceiro na produção de malhas. Autossuficiente na produção de algodão e com grandes investimentos na produção de fibras químicas, o Brasil produz 9,8 bilhões de peças confeccionadas ao ano (destas, cerca de 6,5 bilhões em peças de vestuário), sendo referência mundial em beachwear, jeanswear e homewear.

No mercado da moda, o Brasil tem figurado de forma expressiva no calendário internacional e as criações dos estilistas brasileiros são encontradas em butiques de luxo de cidades que são referências mundiais no mundo da moda como Nova York, Paris, Milão, Londres, Tóquio e Pequim. O São Paulo Fashion Week (SPFW) é o maior evento de moda do país. Em 2009, durante o evento, foi criado o Sistema Moda Brasil, que funciona como um instrumento de articulação entre as cadeias produtivas relacionadas ao setor da moda – têxtil e de confecções; gemas, jóias e afins, couro, calçados e artefatos.

Partilhando deste ambiente positivo, a Bahia já criou grandes nomes da moda para o Brasil a exemplo de Ney Galvão (década de 1970 a 1980), cujas criações ultrapassaram as fronteiras do estado. Atualmente, a moda na Bahia segue os padrões brasileiro e mundial de qualidade e vem agregando a tecnologia como diferencial. Algumas marcas baianas já possuem reconhecimento nacional e internacional.

O ramo da moda encontra-se em expansão no estado e conta com alguns eventos anuais que visam fortalecer a produção local de moda como o Bahia Moda Design, o Movimento de Moda Iguatemi e o Barra Fashion Mall.

O setor de confecção no estado possui 3000 indústrias e é formado, predominantemente, por empresas de pequeno porte, acompanhando os padrões nacional e mundial. A distribuição geográfica do setor, na Bahia, ocorre por meio de polos, a exemplo de Salvador e Feira de Santana, Jequié e Lauro de Freitas e outros municípios, como Itabuna, onde se encontra a Trifil, empresa líder no segmento de meias e de produtos sem costura. Essa característica geográfica é uma vantagem em termos logísticos para a implantação de uma indústria de transformação de fios.

O grande potencial têxtil do estado está no fato de ser o segundo maior produtor de algodão do país, com uma área plantada superior a 400 mil hectares e produzindo 54.000 ton/ano. O crescimento verificado na produção de algodão, ao longo dos últimos 10 anos, foi possível devido à abertura de uma nova fronteira no oeste do estado, caracterizada por terras férteis, clima apropriado, novas técnicas de plantio e a participação do Governo na concessão de incentivos.

O Governo do Estado realiza ações visando o fortalecimento do setor como o Condomínio Bahia Têxtil, projetado para abrigar 21 empresas de pequeno porte, e como o Projeto Confecções, cujo foco do projeto está na capacitação, na gestão e no associativismo. Além disso, universidades e instituições privadas e públicas presentes na Bahia, oferecem cursos voltados para os mercados de design, moda, têxtil e de confecções.

 

Oportunidades de investimento:

A Bahia importa 80% das confecções que consome o que demonstra que existe uma demanda interna que potencializa enormemente a oferta; (SECTI,2008)

Adensamento da cadeia petroquímica com a implantação do Polo Acrílico em Camaçari e a possibilidade de transformação de fios no estado;

A Bahia produz 90% da fibra de sisal do Brasil, essa fibra pode ser usada pela indústria automotiva para produção de compósitos;

Produção da fibra de UTEC, que devido ao seu peso e resistência deverá ser utilizada principalmente na confecção de cabos de amarração das plataformas em substituição aos cabos de aço e na confecção de coletes à prova de balas na Bahia;

Adensamento da cadeia de fiação e tecelagem devido ao excesso de oferta em matéria-prima.
 

SISTEMA SDE

Semanário SDE

Cadastre-se para receber novidades:

SDE - Secretaria de Desenvolvimento Econômico
4ª Avenida, nº 415, CAB. - CEP 41.745-002 - Salvador - Bahia
Tel: (71)3115-7890 | (71)3115-7937
E-mail: ascom@sde.ba.gov.br
localização

Horário de funcionamento:
De segunda à sexta-feira das 08:30 às 12:00 e 13:30 às 18:00h.

Todo o conteúdo deste portal pode ser utilizado livremente,
desde que a fonte seja citada.

webmail Intranet